2

It’s ART!

TUDO_SOBRE_ARTE_1

Da série compras por impulso: lembram que eu comprei recentemente o Paris versus New York? Então, além dele aproveitei e arrematei o “Tudo sobre Arte”. Depois de entrar na universidade e conhecer uma infinita realidade de estudos, acabei criando um pequeno laço, porém expansívo, pela arte.

O que eu mais conhecia era o movimento pop art (Roy Lichtenstein, Andy Warhol, Jeff Koons) e um pouco do japonês (Yayoi Kusama, Takashi Murakami), mas como a ânsia de aprender/conhecer é maior que tudo (alma de jornalista hahaha), então fui lá e PÁ!

TUDO_SOBRE_ARTE_2

Clique na imagem para dar zoom.

O livro é realmente interessante. Um guia que se inicia no período pré-histórico passando por todos os movimentos dos milênios e séculos seguintes, enumerando seus maiores artistas e obras. Claro que ele não estuda profundamente cada expressão artística, mas dá uma boa base para se interessar e buscar outros livros que complementem a leitura.

TUDO_SOBRE_ARTE_3

Clique na imagem para dar zoom.

TUDO_SOBRE_ARTE_4

Clique na imagem para dar zoom.

Ahhh, já contei que agora o Come On John também está no Instagram e no facebook? Então… apareçam por lá pra dar um “oi” hahahahaha!
Instagram: @cmonjohn
Facebook: Come On John

2

Paris versus New York

LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_1
Já fazia um tempo que eu paquerava e adorava as obras do Vahram Muratyan, o cara é um gênio do design gráfico! Daí que essa semana eu comprei o seu livro de ilustras. Mas vamos a um breve bio antes de falar dele, né.

De origem Armênia, porém criado em Paris, o designer deu start nesse boom quand, resolveu ressaltar e comparar as diferenças das duas cidades, Paris e Nova Iorque, através de ilustrações postadas em um blog: Versus Paris Versus New York. O sucesso foi tão grande, que o moço logo recebeu uma proposta para lançar o seu primeiro livro.

Nesse frenesi todo, Vahram conseguiu trabalhos com casas super famosas. Chanel, Hermès e Prada são algumas delas. Ainda obteve sucesso expondo em galerias de arte e em lojas hypadas (colette).

Voltando ao livro, comprei o dito cujo em uma daquelas devaneios compulsivos. Fui ao shopping para comprar pilhas recarregáveis e voltei com: dois livros e uma ecobag. O do Muratyan já estava cotado na minha lista desde que eu o vi no instagram da querida @queen_foli. Repentinamente entrei na livraria e o encontrei ali, parado, me olhando (mentira, eu tava procurando por ele mesmo hahaha).

O livro é fofíssimo! Não contém texto (os non-readers de plantão irão adorar) e as comparações são extremamente divertidas. Bolei de rir com as famosas românticas — de um lado Amélie Poulain, do outro Carrie Bradshaw. Além disso, há opostos na arte, no dia a dia de cada cidade, e até nas atrações únicas.

É um prato cheio para os amantes dessas duas cidades. Fora que a Intrínseca (editora que o publicou aqui no Brasil) fez um trabalho de mestre, desde o papel de capa até o da parte interna, lindo!

Clique nas imagens para ampliar

LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_3 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_2 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_4 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_5 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_6 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_7 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_8 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_9 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_10 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_11 LIVRO_NY_X_PARIS_ARTE_12

PS.: Já segue o blog no instagram e no facebook? Não? Então corre la: Instagram: @cmonjohn Facebook: Come On John