Meu primeiro perfume masculino

“Marr como assim você nunca usou um perfume masculino?!” É o que provoca mais sustos nas pessoas quando perguntam quais perfumes uso. Como falei em post beeem anterior, sempre preferi fragrâncias femininas ou unissex, logo nunca senti essa atração toda por cheiros fortíssimos, quase sofríveis.

PERFUME_BANG_MJ_CAIXA

Em mais um dos milagres da humanidade, cheguei em casa e vi que havia um presente arrumadinho e bonitinho. Em caixa metálica e um MARC JACOBS continuado por um BANG, o dia estava prestes a mudar de cor #QuemNãoAmaPresenteNé? Hahaha Minha tia, muito generosa, tava ali mudando meus conceitos sobre perfumaria masculina.

PERFUME_BANG_MJ_CAIXA_INTERNO

Perfume + gel de banho + desodorante

De primeira fiquei mais encantado com a embalagem do que com o conteúdo — rolou aquela emoção de quem ama design—, logo dei aquela bela de uma sprayzada pra ver se era bom, mesmo com a premissa de que cavalo dado não se olham os dentes hahahaha E posso te dizer uma coisa, marrr eu te amo Marc Jacobs e Ann Gottlieb (perfumista criadora).

PERFUME_FRASCO_MJ_BANG

Depois de longo tempo usando apenas o Bellissima da Blumarine, e antes dele o Hippy Fizz da Moschino, me senti super seguro ao usá-lo (o BANG). Logo avisando que ele tem cheiro de madeira puuuura, mas é algo tão sutil e elegante, que passa despercebido a grandes distâncias. Perfeito para quem curte a história de que “perfume bom é aquele que se sente apenas ao chegar próximo”. Confesso que já virei fã e deixei um pouco de lado o Bellissima.

Uma historinha legal sobre a embalagem, que curiosamente lembra um pedaço de metal amassado: 

Como quando foi contratado pela CotyPrestige o nome BANG já havia sido escolhido, a inspiração para o formato do frasco veio diretamente do som e da forma da batida de uma marreta sobre uma placa metálica. Para se chegar ao resultado desejado, o próprio Harry (dono do estúdio de design que leva seu nome) martelou várias delas em seu estúdio.

Escolhida a “martelada perfeita”, esta foi tridimensionalmente digitalizada e trabalhada para se chegar ao resultado final da embalagem. Segundo o próprio designer, isto conferiu ao frasco “um aspecto honesto, espontâneo, masculino e divertido”. Depois do frasco pronto, são coladas duas placas de metal (observem a espessura), caprichosamente estampadas com o mesmo padrão para que se encaixem perfeitamente nos “relevos produzidos pela martelada”. (Via: packbyday)

Genial, não?!

Anúncios

2 comentários sobre “Meu primeiro perfume masculino

  1. João, achei esse perfume muito bom… Como costumo usar perfumes mais doces e alguns citricos, prefiro mais os das linha Calvin Klein. Quando comprei esse BANG, acabei dando para meu pai pois com o tempo o amadeirado dele estava irritando ou não me acostumei direito. Mas é bárbaro esse perfume! O melhor é o KIT! Super legal!
    Gostei da historia do frasco!

    Visite-me quando puder! rs
    http://andrehotter.wordpress.com
    😉 hUg!

    • Eu adoro os da Calvin Klein, super me representam! Sou fã incondicional do CK one Summer, uso desde 2008. Nossa, acho o amadeirado dele tão suave, algo sutil. O kit é demais mesmo! kkkk Quase nunca uso o gel de banho, sempre fica encalhado. Comprei uma vez um kit da Moschino e ficou encalhado tbm. Hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s