4

Não consigo parar de ouvir!

Quando eu sentei e chorei no meio fio (aprendi com você, Thálassa) imaginando que não haveria mais uma Gwen Stefani inspired nesse universo, daí que o mundo vem e… PÁ! Mostra que sim, existe, e tá mais para mistura de uma versão feminina do Eminem complementado pelo estilo desbocado da nossa eterna musa do formol,Gwen.

GWEN STEFANI

Iggy Azalea é conhecida dos hipsters faz um bocado de tempo, quando lá em 2011 disponibilizou digrátis a mixtape Ignorant Art atraindo atenção de meio mundo (eu fui um dos, que corri para aproveitar enquanto era de graça) .

A moça nascida em Sydney é a nova promessa do hip hop, daquele tipo que eu gosto. É bonita, produz videoclipes que não beiram a breguice-tosca-sem-sentido, tem estilo próprio que atrai pela sensualidade, além da singularidade em cantar sobre sua ascendente carreira no mundo da música.

1362657553_Iggy-Azalea

Duas semanas atrás ela lançou sua música de debut pro mundo, a canção Work. Adorei o single logo pela letra chiclete (I’ve been up all night, tryna getting rich // I’ve been work work work work working on my shit…), depois pelo vídeo super produzido com direito a um figurino que inclui vários Louboutins, Jeremy Scott, conjuntos perfeitos do verão 2013 da Dolce & Gabbana e o blazer “printado” Roberto Cavalli. É uma mistura sexy/gangsta/cool que acabou dando certo.

Untitled-1

Dá o play e curte ae! 😉

Anúncios
2

Truque pra manter a pele sequinha usando protetor solar

Se tem um problema que todo mundo, principalmente os meninos, fazem questão de relatar em relação ao uso do protetor solar, esse é: deixa a pele toda oleosa e melecada. Eu sei que é um baita problema encarar esse sol senegalense e ainda manter um nível de proteção mínimo, mas tem que usar, né!

Há uma solução prática, que colocaria todas as minhas dicas pra correr. Roc Minesol Oil Control. Mas como esse bendito protetor teve um aumento de quase (pasmem) R$30,00 em menos de 1 ano (passou de R$49 para R$79), tive que cortar da minha cesta básica de universitário. Além do que, ainda recebo reclamações de que ele ainda deixa a pele com uns traços básicos de oleosidade.

Mas e ai que existe solução pra tudo nessa vida, né verdade?! Tive que trocar o ROC por um mais barato, e o escolhido foi um da Natura, fotoequilibrio fps 30. Mesmo prometendo na embalagem “oil free”, ele manteve minha pele naquela “melecancia” de leve, principalmente eu, que tenho pele com tendência a acne + oleosidade na zona T (testa, nariz e queixo).

PROTETORES

Daí que aproveitando meus conhecimentos sobre maquiagem (alo alo Maquiagem Masculina) tive que solucionar isso do meu jeito. Bom, barato e procurando o que eu tinha em casa. E o truque para transformar o óleo em pele sequinha foi…. Primer!. Achou papagaiada demais (isso para os meninos/rapazes/boys etc)? Hahahah Nem se preocupem, não deixa rastro algum na pele!  IMG_9399 copy

O truque já é velhinho para as meninas, porque né, elas já tem toda uma preparação digna de Oscar para driblar todos esses problemas. Mas aí vale para os meninos: eu espalho o protetor, aguardo alguns segundos e aplico o primer , que reduz drasticamente o óleo e até cobre um pouco daqueles poros estourados e vermelhos. Lembrando que ele não tem cor, então beleza!

IMG_9410 copy

Esse da Benefit é uma mão na roda! Ele até parece que vai deixar sua cara com cor de tijolo, mas tudo desaparece assim que aplicado na pele. O bixo deixa a pele aveludada que é uma beleza, não é a toa que ele (o Porefessional) é um dos mais vendidos na Sephora. Só o preço que incomoda um pouco, mas para substitui-lo indico o Magix da Avon, é baratex e ajuda enquanto o budget tá fraco.

IMG_9412 copy

Posso garantir que o efeito é satisfatório, economiza uma dinheirama e melhor ainda se você tiver o produto em casa, que é o meu caso.

Eu usei: The Porefessional – Benefit (thanksss @blogchicft).

#CamilaCoelhoFeelings #VicCeridonoSóQueNão

0

Por que ecobag?

Desde que me conheço por gente vejo essas sacolinhas perambulando eventos, sendo distribuídas e vendidas em algumas lojas. Sempre tive certa vontade de usar, mas além de eu nunca ter achado um modelo legal e que de certa forma não parecesse que eu estivesse saindo de um congresso sobre motivação, rolava o receio de parecer o monstro da bolsa de pano.

take

Acho que elas aprovam o uso, né? hahaha

Mas ao assistir Sex and The City, sempre via nossa dramatic-hero Carrie Bradshaw portando uma delas pelas ruas de Manhattan, foi aí que me deu certa confiança pra arriscar e catar uma versão divertida. Mas mesmo assim ainda não havia aparecido uma oportunidade pra isso. Outra ligação legal com a bolsa foi em uma ação da Yves Saint Laurent, a famosa Manifesto, onde eram distribuídas ecobags da marca gratuitamente em várias cidades no mundo.

BOLSA_ADIDAS_AIRLINE

Foi muito bom te conhecer, colega! Até a próxima!

Daí que, minha bolsa (uma adidas airline) rasgou e eu fiquei completamente sem ter como carregar meus troços. Como eu não queria voltar pra mochila, que além de ser chata ainda incomoda as costas e faz suar, vi uma ecobag guardadinha que eu tinha ganhado em uma compra de produtos Kenzo.  Como o budget tava fraco pra comprar outra bolsa e eu já tava ali mesmo na vontade de usar uma ecobag, então resolvi apostar e tentar algo novo (que nem é tão novo, vamos combinar, né). Catei a bolsa!

BOLSA_KENZO_GIF5

“Alcinha pro lado, corpinho pro outro”. Essa foi a minha ecobag escolhida. 😀

Por coincidência vi no style.com (bíblia diária da moda) semanas atrás que o CFDA  havia relançado a parceria com o Ebay, onde dezenas de estilistas criaram versões super legais de bolsas ecológicas, apoiando a campanha “You can’t fake fashion”, mobilizando os cidadões americanos e de outras nacionalidades a combater a falsificação de produtos de vestuário. Achei super válida a iniciativa. Além disso, os modelos criados contém assinatura de Diane Von Furstenberg, Rodarte, Charlotte Ronson e Tory Burch. Muito legal!

BOLSAS_CFDA_EBAY

Mas então, voltando ao tema central (meu relato de uso), nos primeiros dias fiquei tentando me acostumar com a ideia da bolsa reciclável. Mas acabei gostando.  É super prática, cabe tudo e você ainda ajuda a natureza a economizar materiais não recicláveis na produção. Só a cor que é um tantinho incomum, mas isso é facinho de acostumar.

IMG_9378

Clique na imagem para dar zoom.

Nessa mesma ideia, Lilian Pacce alguns anos atrás aproveitou esse boom das bolsas ecológicas e com a ajuda de diversos estilistas brasileiros criou o projeto “Não sou de Plástico”, com a exposição de mais de 120 bolsas, que logo depois migraram para o livro Ecobag – Moda e Meio ambiente”.

urlTo gostando bastante dessa ideia e já penso em comprar mais algumas, vi umas da adidas e de algumas marcas no ebay. Ahhh, e meu desejo gringo mor são os modelos tiger da kenzo, lindos.

Até a próxima! 😉

0

Sorrindo com os olhos. Literalmente.

Eu participo da rede social da V magazine (VFILES) desde que foi lançada ano passado e adoro como as mediações, tendências imagéticas e de vestuário acontecem. É tudo muito criativo, inspirador, principalmente a seleção de imagens e todos os revivals de passagens icônicas dentro da moda, da música e do estilo. Traduzindo, é uma rede social que parece uma mistura de pinterest + tumblr + style.com.

azealia-banks-yung-rapunxel-prod-by-lil-internet-firstup.se

Para quem ama moda, principalmente os personagens que a compõe e as imagens produzidas, é caso de amor total! Essa semana até rolou especial do Hanson (quem lembra?! hahahaha). Fuçando essa semana encontrei um conglomerado de imagens que eu não poderia deixar de mostrar.

Sabe do novo clipe da Azealia Banks, Yung Rapunxel? Pra quem ainda não viu, ele hypou novamente o meme de photoshopar imagens, trocando os olhos pela boca. É meio creepy, mas é super divertido. Aqui explica a origem da brincadeira, que surgiu faz mó tempinho., Dessa vez não é Azealia o alvo, e sim um monte de personas que a gente bem conhece. Tem Anna Wintour, Marc Jacobs, as irmãs Rodarte e até nossa musa loira, Donatella Versace. Bolei de rir, cata só!

rachelzoe

Que medo, Rachel Zoe! hahah

victoriabeckham

Biquinho de leve…

gracecoddington
!!!!!!!!!!!!!!!

tyrabanks “OMGOOOOOOOOD!!!” annawintour

Minimalista. Apenas.carine-roitfeld-one copy

Um “must’ a combinação da boca com as sobrancelhas fortíssimas hahahafrancasozzani

Não consigo parar de olhar para essa foto da Franca, é hipnotizante! donatellaversace

Legalmente loira, definitivamente.marcjacobs

“Boooo”!Anna+dello+Russo+Maison+Louis+Vuitton+Roma+PaeOvxr-ejYl

Ok, então.

0

Música made in France: novo vício

url

Nesse meio mundo de semanas tem algumas coisas que tao me ajudando a desbravar melhor esses dias, uma delas é a música.

Sei que tenho um gosto bastante eclético (passando do funk à mpb, do pop fabricado ao rock), um tanto peculiar. Mas se tem uma coisa que eu adoro é descobrir novas bandas/cantores, principalmente se forem da terra de Sarkozy e dona Carla Bruni (mesmo não sendo respectivamente Presidente e Primeira Dama). Dias desses viciei em uma tal de Pauline Vasseur e depois por outra, Rose. Uma delícia total, valem o clique.

Daí que semana passada recebi um email de uma gravadora europeia, que sempre faz questão de lançar novos artistas e junto deles EP’s e álbuns gratuitos para download. Escolhi dois artistas da lista e resolvi dedicar o dia a escutá-los. O primeiro, The Lone John Harps, foi amor  a primeiro “escutada” hahaha. Com um som que acalma e melodia bem folk, daquelas pra curtir um diazinho comum, o intérprete além de ter o tipico charme francês sujinho, tem como inspiração o som de Bob Dylan e dos Beatles. Já apaixonei!

Minha faixa favorita: Just like Robert Landy


Link para download do EP Big Smoke on British Waterways: http://thelonejohnharps.bandcamp.com/

E o segundo a me conquistar a ponto de eu querer comprar o álbum físico (!!!!), foi The Reyz, banda também francesa com um estilo rock melody (pode escutar que não é nenhum slipknot. Eu juuuro!). O álbum Rocking Class Hero  lançado em 2011 é uma delícia! Animador, suave e viciante. To quase pedindo pra algum conhecido trazer de Paris! Hahaha Não encontrei em lugar algum o link para download ilegal então tive de me contentar com um player online e umas músicas catadas na internet.

Minhas faixas favoritas: Crush, Boys and Women, The Riverboat Song e Your Own Mistake


Link para a fan page:https://www.facebook.com/WeAreTheReyz

Já to escutando mais algumas bandas (lotando a biblioteca do iTunes hahaha), mas isso fica para um próximo post.

Bjs.

15

Come on John!

Para quem não me conhece sou João Carlos Magagnin, estudante de Jornalismo, tenho 20 anos e moro láááá no olho do elefante (vide mapa do Rio Grande do Norte, vide Mossoró). Para alguns eu já sou figurinha antiga na internet, escrevo desde 2009 em alguns blogs e mantenho o costume de falar sobre moda e outras coisas do gênero.

Minha primeira Vogue. <3

Minha primeira Vogue. ❤

O gosto pelo assunto apareceu quando eu ainda era criança (11 anos ainda é, né?) quando li pela primeira vez a ELLE Brasil, fiquei extremamente encantado e meio que abestalhado por fuçar um mundo completamente diferente do que eu vivia. Aos 15 anos comprei minha primeira Vogue Brasil (R$14,90 eram uma fortuna na época! hahahaha), o passo mais importante. Foi lendo a revista que eu decidi vasculhar , conhecer e compreender o que cerca a moda.

Através dela conheci pessoas maravilhosas, essas que compartilhavam das mesmas ideias, que viviam ou gostavam bastante do assunto. Poderia listar umas 100 aqui, mas ficaria tão extenso que eu provavelmente esqueceria do nome de algumas. Mas de qualquer maneira fica aqui meu agradecimento pra cada uma, que provavelmente sabem que são/foram esses agentes transformadores.

Captura de tela 2013-04-16 às 16.25.34

Depois de uma pausa curtinha de 3 anos sem blogar exclusivamente em meu nome, resolvi voltar ao wordpress e reabrir um blog com minha identidade, minhas características e tuuuuudo que eu amo e gosto.  Sentia falta de compartilhar ideias, coisas e realidades, aquilo que torna a vida muito mais legal.

O Come on John surgiu depois de umas semanas de muito pensamento. Brinks, mas partiu da vontade-master de falar em meu nome. Tava lendo tanto o blog das amigas @andpizzazz @f_utilidades @alegarattoni, que me senti tentado a voltar ao meu próprio espaço.

Por aqui vou falar sobre moda, arte, música, cinema e mais algumas coisas aleatórias que vão aparecer com o tempo. Espero que vocês curtam passar um tempo comigo, lendo, vendo e conhecendo meu dia a dia.

Bjs e até o próximo post. 😉

Ps.: Desculpem pelo post grandinho, mas é que eu fui escrevendo, escrevendo e deu nisso. Hahaha
Ps2.: Obrigado a @mathws e @danielborja pela ajuda na escolha do nome do blog. Adorei todas as opções, ri pencas!